Português
  • Agenda de Eventos
  • Proteção Civil e Florestal
  • a minha rua
  • SIG
  • Balcão da Inclusão
  • Ofertas de Emprego - GIP
  • Central de Compras
  • VortalGOV
  • AME
  • AME - plataforma

ok
Três dias em que o pão foi rei

 

          O Festival Pão de Portugal regressou este fim de semana a Albergaria-a-Velha com mais de 70 variedades para degustar e comprar. Ao longo de três dias, 30 490 pessoas passaram pela Quinta da Boa Vista/ Torreão que, para além dos espaços de venda, contou com um programa pleno de atividades relacionadas com o pão, como sessões de showcooking, visitas à Rota dos Moinhos, oficinas de pão e até animação infantil sobre a temática.
          “O pão tem mais de seis mil anos e, este fim de semana, ele é rei”, afirmou António Loureiro, Presidente do Município, na sessão de inauguração. Para o autarca, o festival é mais do que a promoção de um produto; é a valorização de um território com grande tradição na panificação e com mais de 300 moinhos de água que, ao longo dos séculos, têm moído o trigo e o milho, bem como descascado arroz. “Valorizamos o nosso património, os nossos moinhos e é bom ver que há cada vez mais engenhos abertos para visitas, para que a população possa ser sensibilizada para as nossas tradições”, salientou António Loureiro.
          Sendo a saúde e a sustentabilidade dois temas fortes da atualidade, o Festival Pão de Portugal também os incluiu na sua estratégia, com a apresentação de novas variedades saudáveis nos espaços de venda, ao lado dos tradicionais folares, regueifas, pão-de-deus ou pão com chouriço. Nas sessões de showcooking, com David Gomes, Hélio Loureiro e Isabel Zibaia Rafael, do projeto Cinco Quartos de Laranja, os/as chefs fizeram questão de utilizar produtos locais e sazonais, de maior valor nutritivo, e aproveitando todas as partes dos vegetais e legumes. Na performance Cardápio – Palermo, o desperdício também foi retratado, com a utilização de diversos objetos retirados de um contentor de lixo. Aliando a luta ao desperdício à solidariedade, os vários produtores presentes no festival doaram os pães e bolos não vendidos no final de cada dia às instituições particulares de solidariedade social.
          Em termos de animação musical, houve propostas para todos os gostos. Para além de grupos locais, passaram pelo palco do festival os Best Youth, Vanja & Rui, The Gentlemen’s Band e o Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz, são Miguel – Açores. Os mais novos também não foram esquecidos e puderam desfrutar de oficinas de pão especiais e leituras encenadas na Biblioteca Municipal.
          Os vencedores do Festival Internacional de Cinema Documental – Do Pão foram anunciados no sábado. Este ano, concorreram 120 filmes de vários países do mundo. O documentário vencedor na categoria curta-metragem foi Kandurwan, Baking History, de Mehvish Altaf (Índia) e, na longa-metragem, Le Ciel, la Terre et l’Homme, de Caroline Reucker (Alemanha).
          Ainda no âmbito do Festival Pão de Portugal, realizou-se na manhã de domingo, o Trail Rota dos Moinhos – não somos farinha do mesmo saco, que contou com mais de 1000 participantes nos dois trails (de 28 e 18 quilómetros) e nas duas caminhadas (de 7 e 11 quilómetros).
          Delfim Bismarck, Vereador da Cultura e do Turismo, não tem dúvidas do que o evento foi um sucesso. “Tivemos um dos melhores sábados de sempre, impulsionado, certamente, pela gravação em direto do programa Aqui Portugal, da RTP”. No entanto, o autarca também acredita que o espaço de venda renovado, a maior variedade de pão saudável, o trail e as visitas aos moinhos (completamente esgotadas) também foram fatores de atração.          




Data:03-06-2019
Aveiro Digital Portugal Digital Programa Operacional Sociedade do Conhecimento Europa - O portal da União Europeia Créditos
Comentários e sugestões: informatica@cm-albergaria.pt ou info@cm-albergaria.pt
Copyright © 2019 Câmara Municipal de Albergaria