Português
  • Agenda de Eventos
  • Proteção Civil e Florestal
  • a minha rua
  • SIG
  • GEPE
  • Ofertas de Emprego - GIP
  • Central de Compras
  • VortalGOV
  • AME
  • AME - plataforma

ok
Rota dos Moinhos de Albergaria-a-Velha foi oficialmente inaugurada





     Na tarde de 5 de abril, uma pequena multidão acorreu ao Arquivo Municipal para a sessão oficial de inauguração da Rota dos Moinhos de Albergaria-a-Velha, um projeto que visa salvaguardar uma forte marca identitária do Concelho, permitindo aos visitantes conhecer melhor o território, as suas gentes, património, História e tradições.
     A ideia de criar uma rota que englobasse os vários moinhos do Município começou a germinar há cerca de 12 anos, quando dois investigadores do património molinológico da região – Armando Ferreira e Delfim Bismarck, atual Vice-Presidente da Câmara Municipal – estavam a fazer o levantamento e estudo dos vários moinhos do Concelho para uma monografia. A vontade de preservar os muitos engenhos existentes e, consequentemente, as antigas tradições, transformando algo único numa importante marca com forte potencial turístico, levou várias entidades – Câmara Municipal, PRAVE – e cidadãos a unirem esforços para criar uma Rota dos Moinhos, que hoje é uma realidade.
     “Ao longo destes 12 anos, tentei fazer com que a pedrada no charco se transformasse numa onda e que essa onda chegasse à praia!”, confessou Armando Ferreira, visivelmente satisfeito por ver este projeto concretizado. Porém, apesar do caminho já feito, este momento deve ser encarado como um ponto de partida, pois há muito por fazer, nomeadamente, garantir um produto turístico de qualidade, que seja uma referência, e trabalhar para a sustentabilidade do projeto, envolvendo outros proprietários e adicionando mais moinhos à Rota.
     Delfim Bismarck afirmou que a Câmara Municipal se encontra empenhada em preservar o património e a memória coletiva e, como tal, revelou que o novo PDM prevê a criação de um parque molinológico no Rio Caima, uma reserva de moinhos que garanta que os mesmos sejam restaurados de acordo com regras específicas. O autarca acrescentou, ainda, que Albergaria-a-Velha é um dos locais com maior concentração de moinhos na Europa – mais de 350 – pelo que é fundamental preservar este património.
     Acrescentou, ainda, que se espera uma consistente adesão a este projeto por parte de outros proprietários de moinhos, estando neste momento em recuperação cerca de uma dezena de moinhos, os quais na sua grande parte virão a aderir a este projeto.
     Nesta sessão oficial, foram, também, celebrados protocolos de cooperação com o Rancho Folclórico da Ribeira de Fráguas e com a APPACDM para a integração de mais dois moinhos na Rota - que é atualmente constituída por oito - e apresentado um vídeo promocional da Rota dos Moinhos, elaborado pelo Canalb, bem como a exposição “Moinhos de Albergaria-a-Velha”, concebida em parceria com o Albergariótipos – núcleo de fotografia do Clube de Albergaria.
       Após a cerimónia, autocarros da Câmara Municipal levaram os munícipes a visitar alguns moinhos que compõem a Rota. Estes irão estar abertos para visitas em dias específicos do ano, permitindo que gente da terra e turistas conheçam a antiga tradição de moer o cereal… Uma tradição que não se pode deixar cair no esquecimento!




Data:07-04-2014
Aveiro Digital Portugal Digital Programa Operacional Sociedade do Conhecimento Europa - O portal da União Europeia Créditos
Comentários e sugestões: informatica@cm-albergaria.pt ou info@cm-albergaria.pt
Copyright © 2019 Câmara Municipal de Albergaria