Português
  • Agenda de Eventos
  • Proteção Civil e Florestal
  • a minha rua
  • Espaço Saúde
  • SIG
  • GEPE
  • Ofertas de Emprego - GIP
  • VortalGOV
  • PME
  • PME - plataforma

ok
Albergue de Peregrinos concluído no início de 2014

          Já arrancaram as obras de adaptação da Casa dos Magistrados a Albergue de Peregrinos, uma intervenção orçada em 90 925,14 euros e que deverá estar concluída no primeiro trimestre de 2014.
          As várias divisões do albergue vão estar distribuídas por três pisos. Na cave vai haver uma garagem, uma zona de tratamento de roupa, uma arrecadação de mochilas e uma zona balnear com lava-pés e WC. Por seu lado, o rés do chão será constituído por uma receção, sala de convívio, cozinha comum, sala de tratamento/ auxílio aos peregrinos e uma arrecadação de mochilas. Finalmente, no 1º andar, existirão quatro quartos com capacidade para albergar 25 peregrinos, bem como balneários femininos e masculinos.
        Para uma comunidade de cerca de 35 000 peregrinos que anualmente percorrem o Caminho Central Português de Santiago de Compostela - o segundo itinerário jacobeu mais importante da Europa - a existência de albergues em pontos estratégicos é fundamental, ainda mais, a sul do Porto, onde não existem muitos espaços próprios para pernoitar. Para Albergaria-a-Velha, a criação de um albergue ganha, ainda, outra importância por ter sido neste concelho que a Rainha D.Teresa fundou a primeira albergaria para “pobres e passageiros” no século XII. É de acrescentar, também, que as Rotas de Peregrinação têm um enorme potencial, não só no âmbito do contexto internacional do Turismo Religioso, mas também para a dinamização da economia local.
       Para Álvaro Tavares, um dos dinamizadores do projeto e ele próprio peregrino, “é como estar a refazer a História mil anos depois! Albergaria nasce da construção de um hospital, somos um povo hospitaleiro por natureza e por tradição e queremos que os milhares de peregrinos que nos visitam, a maioria estrangeiros, sintam isso. Que tenham um local onde pernoitar, onde cozinhem, tomem um banho e descansem, mas que sintam o peso do nosso nome na História! A disponibilização do Albergue é um auxílio extremamente precioso para quem percorre os 600 km de Lisboa a Santiago, durante um mês a pé, e fará jus ao nosso topónimo, o saber Albergar!”. Álvaro Tavares destaca, igualmente, o papel da Autarquia, “que foi fundamental, colaborando com a vontade de um grupo de cidadãos da sua comunidade, peregrinos, que consideram que o Município se poderá diferenciar positivamente no Caminho Português.”
      Ao longo dos séculos, o Caminho Português de Santiago tem atraído milhões de peregrinos, alguns destes bastantes ilustres. Por Albergaria passaram D. Sancho II, em 1244, a devota Rainha Santa Isabel, que por aqui passou em 1326 e 1335, D. Manuel I, em 1502, e Francisco de Holanda, pintor, humanista e arquiteto português, em 1549.

 




Data:26-09-2013
Aveiro Digital Portugal Digital Programa Operacional Sociedade do Conhecimento Europa - O portal da União Europeia Créditos
Comentários e sugestões: informatica@cm-albergaria.pt ou info@cm-albergaria.pt
Copyright © 2018 Câmara Municipal de Albergaria